Governador inaugura obras de mobilidade e faz autorizações em Castelo do Piauí

460

O governador Wellington Dias inaugurou, nesta sexta-feira (6), obras de mobilidade urbana no município de Castelo do Piauí, na região norte do Estado. Trata-se da pavimentação asfáltica e poliédrica de diversas ruas do município, que proporcionarão melhorias para o tráfego da cidade e para a população.

Foram 21.189 m² de pavimentação asfáltica em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) em ruas da zona urbana. Foram investidos nas obras recursos no valor de R$ 1.903.736,05, oriundos de operações de crédito do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans).

No município, também foram inauguradas obras de pavimentação poliédrica nas ruas Ludugero Alves Lima, Herminio Torres, Dom Abel, Alonso Nunes e Coelho Neto, na zona urbana de Castelo. Os recursos aplicados foram no valor de R$776.946,90, oriundos do Tesouro Estadual, por meio da Secretaria Estadual de Turismo (Setur).

Para o castelense José Francisco Soares, as obras representam mais qualidade de vida para a população. “É uma satisfação receber esse benefício, contar com essa obra que passa pela porta da minha casa. O governador prometeu o calçamento e cumpriu, então agradeço muito por facilitar a vida do povo de Castelo”, disse.

Segundo o prefeito, Magno Soares, as obras eram muito esperadas pela população e trará benefícios. “Somos uma cidade com 257 anos de emancipação e pouco asfaltada. O governador é que está nos proporcionando esse avanço. Muitas pessoas serão beneficiadas, inclusive, os estudantes que precisam de boas condições para se deslocar até a escola. Temos muito a agradecer”, pontuou.

“São obras importantes para a cidade. Aqui também autorizei uma obra muito esperada. O Estado se organizou em 2019 e agora abrimos o programa de recuperação de rodovias. Já tínhamos feito em 2015 e 2016 uma parte da rodovia da BR Juazeiro/Castelo até São Miguel do Tapuio e a gora autorizei mais de R$ 9 milhões para o DER recuperar da parte que ficou faltando”, destacou Wellington Dias.

O governador também destacou os investimento para modernização das escolas e apoio ao hospital municipal. “Castelo tem um hospital grande, que atende vários municípios, mas como é municipal e de atenção básica não recebe do Estado e nem do Governo Federal. Estamos vendo uma maneira de ajudar financeiramente para que o hospital tenha condições de trabalhar os 47 leitos e atender a parte materno infantil”, complementou Dias.

O passo seguinte é organizar a parte de infraestrutura turística para que as pessoas que queiram visitar o Cânion do Rio Poty possam ir de maneira adequada. “Atualmente estamos em processo licitatório para, através de uma emenda impositiva de bancada do deputado federal Flávio Nogueira, possamos pavimentar a estrada que vai desde a Cachoeira da Lembrada até o município de Buriti dos Montes, ligando este ao cânion. O governador também solicitou a elaboração de um projeto para que o asfalto seja colocado na estrada de Castelo até o cânion. Dessa forma, passaremos a receber os turistas de maneira mais adequada”, explicou o secretário de Turismo, Flávio Nogueira.

Autorizações

Durante a inauguração de obras em Castelo do Piauí, o governador Wellington Dias autorizou à Secretaria Estadual de Educação (Seduc), a tomar as providências necessárias para abertura do processo licitatório de reforma e ampliação do Centro Estadual de Tempo Integral Cônego Cardoso. As obras consistem na construção de laboratório de informática, laboratório de ciências, biblioteca, banheiros acessíveis, refeitório e cozinha, nova cobertura do pátio, da quadra e subestação. Serão destinados recursos no valor de R$1.866.273,37.

O chefe do executivo estadual também autorizou ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a tomar as providências necessárias para a apresentação do projeto e orçamento para implantação de 14.000 m² de pavimentação asfáltica nas avenidas Nilo Lima e Abdias Veras. Ele autorizou ainda à Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) a tomar as providências necessárias para visita técnica ao projeto de equilíbrio no Hospital do município para habilitar na bipartite média/alta complexidade, como Casa de Parto para cuidados com a mulher e o bebê e para socorrer com repasses a partir de convênio existente de R$100 mil por mês até o valor de R$500 mil no total.

Fonte: CCOM/ASCOM – PMCP

Imagens: Igo Rafael

Compartilhe