Prefeitura firma parceria com o INCRA e garante mais de 1 milhão de reais para a Agricultura Familiar

345

Na manhã desta quarta-feira (15) a Prefeitura de Castelo do Piauí, através da Secretaria Municipal de Agricultura, realizou a solenidade de assinatura dos contratos das famílias que serão beneficiadas com recursos dos projetos Apoio Inicial, Fomento e Fomento Mulher, que são créditos para assentados da Reforma Agrária. A solenidade aconteceu no auditório da SEMED.

O valor disponibilizado foi de R$ 226.800,00 (duzentos e vinte e seis mil e oitocentos reais), totalizando R$1.315. 26,00 (um milhão, trezentos e quinze mil e vinte e seis reais) desde à assinatura do termo.

Nesta etapa, foram beneficiadas as famílias de quatro assentamentos, sendo eles: Bom Jardim, Boa Vista Caraíbas, Fazenda Nova I, e Açude Várzea.

O superintendente do INCRA, Tiago Vasconcelos destacou a importância da parceria firmada ainda no ano de 2019. “Esse acordo começa a dar os primeiros frutos. O Incra fez o acompanhamento nas comunidades e, agora, a parceria começa a chegar até quem realmente precisa que são os beneficiários da reforma agrária. Espero que eles façam bons investimentos”, disse.

O prefeito Magno Soares agradeceu a parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. “É um compromisso da nossa gestão apoiar e fomentar a nossa agricultura. O recurso possibilitará os beneficiários colocar os seus planos em prática e contribuir com o incremento da renda familiar. Agradeço ao INCRA pela parceria e parabenizo a todos os beneficiados com os créditos”, frisou o prefeito Magno.

O secretário de agricultura, Jonas Soares, falou sobre o empenho de angariar benefícios para os agricultores. “Nos empenhamos muito para que pudéssemos chegar a esse momento. É uma satisfação poder entregar mais um benefício para as famílias da zona rural. Foi um trabalho iniciado ainda em 2019, através dessa parceria com o INCRA e, hoje, estamos liberando esses créditos para os beneficiários. Parabéns a todos”, concluiu o secretário.

Os recursos foram disponibilizados para apoiar a instalação no assentamento e a aquisição de itens de primeira necessidade, de bens duráveis de uso doméstico e equipamentos produtivos. Também para viabilizar projetos produtivos de promoção da segurança alimentar e nutricional e de estímulo à geração de trabalho e renda, além de investimentos para implantar projeto produtivo sob responsabilidade da mulher titular do lote.

 

Compartilhe